Domingo 14 Agosto 2022

A LOCAL-STORAGE SECTION define o armazenamento que é alocado e liberado por invocação. Em cada chamada, os itens de dados definidos na LOCAL-STORAGE SECTION são realocados e inicializados para o valor atribuído em suas cláusulas VALUE. Os itens de dados definidos na seção Armazenamento local não podem especificar a cláusula EXTERNAL. A LOCAL-STORAGE SECTION deve começar com o cabeçalho LOCAL-STORAGE SECTION seguido por um ponto separador.

  • Define o armazenamento que é alocado e liberado em uma base por invocação. Em cada invocação, os itens de dados definidos na LOCAL-STORAGE SECTION são realocados. Cada item de dados que possui uma cláusula VALUE é inicializado para o valor especificado nessa cláusula.
  • Para programas aninhados, os itens de dados definidos na LOCAL-STORAGE SECTION são alocados em cada invocação do programa mais externo que contém. No entanto, cada item de dados é reinicializado para o valor especificado na cláusula VALUE cada vez que o programa aninhado é invocado.
  • Para métodos, uma cópia separada dos dados definidos em LOCAL-STORAGE é alocada e inicializada em cada invocação do método. O armazenamento alocado para os dados é liberado quando o método retorna.
  • Os itens de dados definidos no LOCAL-STORAGE SECTION não podem especificar a cláusula EXTERNAL.
  • A LOCAL-STORAGE SECTION deve começar com o cabeçalho LOCAL-STORAGE SECTION, seguido de um período de separação.
  • Você pode especificar a LOCAL-STORAGE SECTION em programas recursivos, em programas não recursivos e em métodos.
  • O método LOCAL-STORAGE é o mesmo que o conteúdo do programa LOCAL-STORAGE, exceto que a cláusula GLOBAL não tem efeito (porque os métodos não podem ser aninhados).